Solidão

 

Nesse eu peço licença a ti

E compreenda as minhas lágrimas

Perdão pelo inicio tão triste em si

Mas não são só as minhas mágoas, são tuas

Tudo estava tranqüilo antes de ti

Podia não ter o fervor e amor de hoje

Mas tudo estava tranqüilo antes de ti

Mas não são só as minhas mágoas, são tuas

O Tempo passava rápido sem ser notado

E agora só o vazio do teu abraço negado

O beijo chorado, sem citar o seu carinho

Não vêem mais a noitinha pelo mesmo caminho

Um dia que loucas pensares em parar na torre

Sigas o caminho da sombra do passado

Mas antes pare e olhe para trás

Este foi o seu caminho de sempre

O pouco que nos resta hoje

São vozes de promessas e de duvidas

De lado a lado promessas,

De lado a lado duvidas

Mas a palavra mágica

De quatro letras, "AMOR"

Ainda está em seu peito como no meu

Eu não ti esqueço, por isso ti faço sofrer

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s