Dia “D”

 

Palavra empenhada, compromisso comprido, ao fim do prazo e chegado o dia, tudo si cumpriu.

ᵒ ᵒ ᵒ ᵒ ᵒ

A cerimônia ocorreu na Capela da Imaculada Conceição, no primeiro dia do mês de agosto do ano da Graça de Nosso Senhor de 1970, às dez horas.

ᵒ ᵒ ᵒ ᵒ ᵒ

Sobre uma chuva persistente e fria, seria tudo como manda a tradição senão fosse à ausência do pai da noiva que mais adiante se descobriu passou o dia na zona da cidade vizinha, sendo o meu tio avô a conduzir a sua sobrinha, tudo, mas tudo foi perfeito, excetuando-se o fato de na saída da Capela um rasgo de luz como mau agouro que caiu sobre o casal recém formado e a lama que sujou o vestido da noiva no momento que o novo membro da família Medeiros largou a recém incluída na Família Guerra para adentrar ao carro cedido pelo pai postiço na cerimônia.

ᵒ ᵒ ᵒ ᵒ ᵒ

Os festejos como foram combinados durante o mês que antecedeu foram celebrados dentro do galpão da propriedade que contava com mais de cem convidados apesar da ausência do pai da noiva e os preparativos não deixaram em nada a dever a qualquer casamento da região, quatro vitellos, uma novilha, dois carneiros, sem contar uma variedade de outros tipos de carne (lebre, galinha, peru e até carne de capivara), um bolo de noivos do tamanho da filha fora mandado trazer especialmente de Porto Alegre da confeitaria Rocco, um variedades de doces caseiros preparados pela madre da noiva e suas amigas de clube de mães e sem contar saladas e pratos típicos da região.

ᵒ ᵒ ᵒ ᵒ ᵒ

Como bom festejo gaudério seja ele qual for não poderia faltar uma grande oferta de bebidas alcoólicas, a adega da casa foi aberta, para a plebe dois barris de vinho tinto suave colonial produzido na propriedade mesmo e um barril de aguardente trazido de Santo Antônio da Patrulha que ainda veio acompanhado de várias sacolas de rapaduras para as crianças. Para a mesa dos convidados mais importantes uma coleção dos melhores vinhos da adega pessoal do bem feitor da noite, uma variedade de Portos e Bourbons, Whiskys escoceses e duas caixas de charutos cubanos.

ᵒ ᵒ ᵒ ᵒ ᵒ

Estranhamente tudo ocorreu de modo ordeiro, talvez por que ninguém quisesse se explicar depois para o anfitrião ausente o porquê de alguma baderna, tirando a valsa dos noivos que foi ao som de “Love me Tender” todo o resto foi um casamento rural na época, normal, sem maiores detalhes ou pormenores desnecessários, mesmo após a saída do casal para a noite núpcias, tudo ocorreu estranhamente sem problemas.

ᵒ ᵒ ᵒ ᵒ ᵒ

<<< Problemas Práticos | Noite de Núpcias >>>

Início

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s